28 de Março de 2009, eu estava finalmente uniformizada. Meus olhos brilhavam, eu não conseguia me conter de felicidade. Subi as escadas daquele avião como se desfilasse para milhares de fotógrafos e fãs, sempre fui meio exibida. A comissária titular do voo (eu estava viajando como tripulante extra, ou seja, como passageira), era muito experienteContinue lendo

Compartilhar