Comissário de voo precisa se qualificar?

Para ser Comissário de voo, não basta passar no processo seletivo e voar, tem que continuar estudando e se qualificando. Por isso, após voar até meia noite do dia anterior, cheguei ainda com o uniforme de comissária, às 06:30 da manhã, na fria São Paulo. Eu já sabia que o meu dia seria muito produtivo, apesar das poucas horas de sono. No bairro do Butatã, minha querida amiga Laura Antunes me aguardava para seguirmos juntas para o Workshop de CRM (Corporate Resource Management)voltado para aviação, onde nos esperavam muitos alunos de escolas de aviação, Comissários de voo já na ativa, professores e psicólogos interessados neste tema fundamental para o desenvolvimento de uma equipe.

Laura Antunes é psicóloga graduada pela PUC-SP e especialista em Segurança de Aviação e Aeronavegabilidade Continuada pelo ITA (Instituto Tecnológico da Aeronáutica). Credenciada pela ANAC e elemento

Laura Antunes, facilitadora de CRM.credenciado SIPAER- fator humano, ela é facilitadora de CRM engajada no estudo do luto após catástrofes e desastres. Com um trabalho focado na aviação, Laura dá aulas também de Segurança de Voo numa conceituada escola para Comissários em São Paulo. Tivemos a oportunidade de nos conhecer no Curso de Formação de Instrutores da ANAC. Além de toda essa qualificação, Laura é mãe de dois lindos cachorros, a Julieta e o Feijão.

A facilitadora nos deixou sempre muito a vontade. Rolou um bate papo bastante consistente sobre o respeito às normas e a consciência de que isto faz parte da prevenção de acidentes aeronáuticos. Laura conduzia o debate de maneira fluida, de modo que não havia amarras aos conteúdos programados em slide. Ela reconhecia e fomentava a importância daquela troca enriquecedora de pontos de vista e sempre fazia links interessantes com o conteúdo que nos apresentava extremamente rico, embasado e relevante.Comissários na dinâmica de grupo

O Comissário de Voo da Air France, Jean, nos contava muitas histórias de voo. Cada caso que ele contava nos deixava embasbacado com a maneira elegante e sensata de conduzir as diversas situações a bordo, sobretudo aquelas que envolviam a segurança do voo. Jean nos presenteou com o relato da sua rica e vasta experiência de 20 anos na área. Dois alunos ali presentes trabalhavam em hotéis, o que também nos permitiu o conhecimento de uma realidade muito próxima a da atividade em voo. Muitos alunos, aspirantes à Comissários, curtiam o bate papo em consonância com seu sonho de voar."Você não pode parar as ondas, mas pode aprender a surfar"

Cada troca de experiência e intercâmbio cultural é valioso no processo de aprendizagem constante em que vivemos, na aviação e na vida. Por isso, não devemos perder a oportunidade de nos qualificar e conhecer pessoas novas e embarcar com afinco nos cursos e treinamentos que pudermos. O bom Comissário de Voo não se deixa acomodar no dia a dia da sua atividade profissional, busca sempre enriquecer seus briefings (aquele bate papo pre voo com a tripulação) e a sua padronização a bordo.

Não perca as próximas edições deste Workshop e também os cursos e novidades que você pode encontrar acessando o site do Cenipa, da Anac, por aqui e diversos outros portais de aviação. O importante é se qualificar constantemente.

Compartilhar

Deixe uma resposta